14 dezembro 2006

Construção


A experiência comum com pessoas que conhecemos bem leva-nos a fazer coisas muito bonitas. Ontem ajudei a fazer uma oração. E iam saindo ideias misturadas com experiências de Deus e recordações. Mais as novidades e os apartes de quem tem sempre muito para contar.

E pouco a pouco foi nascendo um projecto simples de um caminho. Que parte de um mesmo Deus, por dois corações diferentes, e que leva ao mesmo Deus.

Ser verdadeiramente tocado pela missão de "levar os meninos a Jesus" torna natural um tipo de conversa que não é fácil ter numa mesa de café, ou durante os ruídos do dia. É descer a uma sala com lume aceso e preparada para um encontro futuro. É apenas uma passagem tão simples, uma pausa antes da viagem. Feita por nós, pelos outros.

As amizades que tenho o dom de ter como jesuíta são estes espaços de intimidade e distância. Parece um equilíbrio difícil. Mas para quem confia nas marcas de Deus na Vida, é tão espontâneo como consolador.

2 comentários:

J disse...

António,

Foi dos posts mais bonitos que escreveu.

As vezes sinto que certas alturas necessitamos de estar num ambiente próprio, para nos prepararmos antes da viagem. As vezes um momento numa capela, ou o encontro com Deus num espaço sossegado são suficientes para me fazerem pensar de maneira diferente.

Um grande beijinho

An@ disse...

:)

 

Cidade Eterna © 2010

Blogger Templates by Splashy Templates