01 outubro 2008

Ver



Uma das coisas que por vezes mais nos consome é que raramente temos certezas absolutas. Ainda hoje falava sobre isso com um companheiro e de como é importante ter aqueles momentos de salto confiado em que sabemos que não há outro remédio senão continuar um caminho ou recomeçar propósitos felizes.

O ver sem certezas também é bonito. Por ser o nosso modo de ver habitual, é também aquele a que devemos dar mais valor. Desafia a nossa coerência, aquilo que pomos nos pequenos gestos e nas decisões fáceis e difíceis de cada dia. E porque vivo assim, confio em mim e no meu poder de fazer as coisas bem... sou orientado para coisas grandes, e isso marca um modo de vida.

Talvez um dia possa ter tudo claro. Talvez um dia olhe para trás e tudo faça sentido. Mas viver sem talvez e escolher viver a partir de motivações fortes é algo mesmo importante. Faz brilhar outro sol em dias de chuva cansativa e monótona.

4 comentários:

M disse...

"O ver sem certezas" é o desafio mais bonito e mais dificil do dia-a-dia...

Obrigada pela ajuda na oração!!!

beijinho

Maria

Anónimo disse...

Well come back!
I loved you previous post: "De regresso"
I was missing you! G.

Antonio Valerio, sj disse...

Obrigado! Sim, é bom estar de volta! Também espero que estejas bem! Miss you! =)

ana disse...

"Talvez um dia olhe para trás e tudo faça sentido"

talvez...

 

Cidade Eterna © 2010

Blogger Templates by Splashy Templates