15 outubro 2007

Pertença


Hoje, uma conversa ao almoço fez-me pensar numa coisa... sentidos de pertença. Se fizéssemos uma lista das coisas a que pertencemos, seria muito mais longa do que imaginamos. Pertenço a uma Igreja, a uma escola, a uma família, a um grupo de amigos, a um trabalho ou a uma empresa, a um partido político, a uma associação...

E todas as nossas pertenças exigem de nós tempo e espaços cá dentro. Para fazer a minha parte e identificar-me com compromissos mais ou menos assumidos. E é fácil gastar tempo nas minhas pertenças, estar bem onde tenho que estar.

E não penso tantas vezes numa pertença mais essencial... pertenço-me a mim mesmo. E deixo para trás regras, ritos e atenções. Movo-me muito pelas coisas de fora, pedidos e opiniões. Há um espaço nosso que precisamos cuidar, sem nos fecharmos. Mas precisamos de um compromisso fiel a nós próprios... Ser mais feliz mais vezes...

4 comentários:

Tchivinguiro: onde nasci. disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Tchivinguiro: onde nasci. disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Tchivinguiro: onde nasci. disse...

Muito necessária.
Muito proveitosa.
A fidelidade ao(s) compromisso(s), pessoal e comunitário.

Bela reflexão.
Sê feliz todas as vezes que a felicidade te quiser abraçar e, também, nos momentos em que pareça "escondida" ou mais fugaz.

Beijinho.

Anónimo disse...

Também eu tenho descoberto "isto" das pertenças e tem-me sabido bem saber que também pertencemos - nas amizades - uns aos outros :-) Thank you. G.

 

Cidade Eterna © 2010

Blogger Templates by Splashy Templates