07 novembro 2009

Reencontro



Passamos algumas vezes por tempos de resumo da nossa Vida, onde criamos espaço para descobrir rumos de acontecimentos e resultados de escolhas. É bonito quando se encontra paz naquilo que hoje somos. A paz é terreno fértil onde nascem futuros carregados de sonhos que se começam a cumprir.

O grande desafio da nossa Vida é que dificilmente tudo estará completo. Então resta-nos um esforço diário de construir aquilo em que acreditamos. A violência não é amiga dos nossos passos mais profundos, é necessária uma enorme paciência e um gosto na descoberta de pequenos pormenores que iluminam o sentido do que fazemos.

A vida em plenitude requer um optimismo grande perante o futuro, sem mais cálculos necessários do que a fidelidade de cada dia à nossa perfeição. Juntar o que somos e o que seremos, re-encontrar Belezas tão esquecidas que parecia impossível que tivessem resistido a tantos descuidos. No fim, somos privilegiados por viver, é a Beleza maior que temos para cuidar.

3 comentários:

concha disse...

Durante alguns anos da minha vida preocupava-me demasiado,receava tudo e mesmo se havia momentos muito bons, no geral havia apreensão no viver.Houve grandes alterações na minha vida, que não foram nada fáceis de suportar,mas que me deram uma outra perspectiva de viver.Hoje sei, porque sei mesmo,que me levanto de manhã para cumprir com o que surge e surge sempre muita coisa para resolver ou fazer e é nesse não planear muito nem contestar o que surge que a minha vida se faz como eu gostaria que se tivesse feito sempre.Há outro aspecto da minha nova vida,que é não deixar acumular coisas para fazer e isso evita muitas tensões desnecessárias.Talvez tenha a ver com saber distinguir em cada momento o essencial.
Há momentos menos bons é claro que os há, só que os encaro com uma certa distância como se soubesse que eles não podem afectar-me muito.Há talvez também um maior discernimento e de certeza um optimismo que por vezes me questiona no modo como as coisas vão fluíndo.É assim que encaro a minha vida e sinto-me bem assim.
Um abraço com Paz e é claro um obrigada por mais uma excelente reflexão.

Nova Civilização disse...

Olá Antônio,

"...No fim, somos privilegiados por viver, é a Beleza maior que temos para cuidar...."

Essa frase de tamanho impacto dentro de mim. Nas minhas reflexões... Há períodos que vivi tão rotineiramente que deixei de dar a verdadeira importância ao que a vida teve a me oferecer e ensinar. Acredito que a verdadeira beleza da vida é nos tornarmos melhores!

Obrigada. Gostei muito desse reencontro.

Abraços,
Gisele.

Lídia disse...

A Vida é não mais do que um dom Deus. Portanto, já é verdadeira Beleza, porque tudo o que d'ELE provém, é naturalmente Belo, é BELEZA pura. No entanto, o que retira beleza à vida e o modo como a vivemos! Especialmente quando perdemos a paz... Mas, não só, como disse, o encanto da vida passa necessariamente, em percerber que estamos incompletos e estamos, claro! Para mim, é esse oponto crucial da Beleza da nossa Vida. Pois, acho que só tomando esta consciência me libertarei de mim a ponto de me entregar na confiança, na esperança, sei lá, tentar encontrar o ABSOLUTO.

A alegria de Deus também se manifesta nas suas partilhas. Obrigado!

Beijinhos

 

Cidade Eterna © 2010

Blogger Templates by Splashy Templates