20 novembro 2009

Bondade



Confesso que nos últimos tempos, ou melhor, já nos últimos anos, a palavra bondade me toca especialmente. Tem um toque simplicidade e verdade. Uma pessoa boa é assim, sem fazer muito esforço. E é tão bonito conhecer e encontrar pessoas assim, é um desafio a nós mesmos!

A bondade tem duas faces: a paz e a generosidade. Parece que a realização de uma pessoa boa passa por fazer bem aos outros, fazê-los felizes, e não poupa esforços para sair de si. Mais que isso, não calcula gestos. E essa pessoa transmite paz, está bem, faz bem.

A bondade é um dom, mas que se pode desenvolver a partir daquilo que achamos ser importante para nós e para o mundo. Estar divididos, ser complicados, não é um caminho que ajude. O que queremos verdadeiramente, conseguimos alcançá-lo. É tão bom sentir essa bondade! :) As pessoas são bonitas, muito!


3 comentários:

Lídia disse...

A bondade é pura, espontânea, é caracteristica da pessoa, é inerente, não pede esforços, nem medos, tempos ou espaços. A bondade está para todos, ultrapassa o círculo familiar, amigos,... Uma pessoa revestida de bondade é,de facto, BELA e o mundo que cria à sua volta respira paz, na harmonia e tranquilidade espiritual, vive edificado no AMOR. A bondade obedece à Vontade de Deus, que sejamos capazes de criar o Seu Reino no nosso ambiente, aqui, agora; que alguma coisa saia de mim, naturalmente,em prol do Irmão.

Acredito que a Bondade também o habite. Obrigado por me ajudar a pensar... E quem sabe a ser melhor!

Beijinhos

concha disse...

Olá!
Em realção ao post sobre o Outono, queria dizer que esta é a minha estação preferida.Gosto da chuva, gosto de ouvir o vento quando me encontro em casa:),gosto dos dias nublados, porque mesmo sem sol visivel, sabemos que ele está lá sempre e gosto mesmo muito dos vermelhos dos amarelos e das folhas a cair.É um tempo que convida a estar mais voltada para o interior porque há menos dispersão.
Quanto à bondade,deixo uma provocação... não será ao contrário?Passa-se a ser melhor,porque o fazer bem aos outros transforma?
Se não for isto, já sabe que me pode corrigir.
Um abraço com a gratidão de sempre

Nova Civilização disse...

Olá Antônio,

Gostei muito do que escreveu sobre a bondade. Concondo plenamente! Quando encontramos pessoas bondosas, realmente logo a identificamos. Toda a atmosfera muda, ficamos cercados de paz. Alcançar essa generosidade é uma meta.

"...Estar divididos, ser complicados, não é um caminho que ajude..."

Quando nos sentimos complicados não conseguimos enxergar a longe. Ficamos presos e limitados!

abraços,

bom final de semana.

Gisele

 

Cidade Eterna © 2010

Blogger Templates by Splashy Templates