18 março 2007

Esperar


Qual é esta capacidade desconcertante do Amor? Aquela genialidade de procurar caminhos novos nas coisas de sempre.

É tão diferente viver por obrigação ou viver levado pelo entusiasmo. Acho que isto é um dom, de quem reconhece que quer ter um coração capaz de ser simples com as coisas maiores.

É um trabalho de paciência o que nos leva a não flutuar à deriva, mas estar na vida como se assim fosse. Entre o ser levado e o querer ser levado. Saborear uma cor como se tudo dependesse dela para poder ver o mundo. Mas ter um abraço de arco-íris, entre dois tesouros, um de cá, o outro, de um mundo que não conheço, mas ao qual sei que pertenço.

O que é mais importante? É tudo... como se não fosse nada. Amar somente... é isto? Não sei o que é, mas percebo-o em coisas muito concretas.

1 comentários:

Amor Eterno disse...

\-------------------------\
\ Vim voando \ __
\ para te desejar uma \ | \
> Um ótima semana! >----------| \ ______
/ 1 B-Jãoooooooooo / *_____/**|_|_\____ |
/ °° ټ ټ °°˚ / \_______ --------- __>-}
/-------------------------/ / \_____|_____/ |
* |
~-.¸,.-~*´`*•~.¸,.~**•~-.¸,.-~*´•~-.¸,.-

 

Cidade Eterna © 2010

Blogger Templates by Splashy Templates