16 setembro 2006

Rezar Me

Tenho estado a ler alguns livros sobre oração e vida espiritual. Já li muitas coisas sobre isso, mas agora resolvi começar do nada, como se tudo fosse novo. E, de facto, assim é!

Neste livro que estou a ler, fala de um tipo de oração que me tem trazido muitas surpresas. Antes de começar por uma oração de tipo racional, querendo descobrir razões para os próprios Mistérios, meus e de Deus, devo fazer o esforço por rezar tudo aquilo que sou, nas coisas mais comuns, naquilo que levo para toda a parte, o meu corpo.

Porque somos corpo, temos sentidos, dores, cansaços, estados de alma alegres e menos alegres. Rezar as minhas mãos, os meus braços, os meus olhos, os meus pés, é por-me na presença de mim mesmo, enquanto existo na minha mais radical humanidade.

E é tão bonito descobrir que há toda uma história de sensações, de dádivas generosas e posses egoístas, de caminhos feitos e braços cruzados, de pernas cansadas e mãos fechadas.


Essa é a minha realidade, a que contemplo quando me contemplo. E é uma história de amor, olhada como algo precioso, perdoado, querido, sonhado para coisas que fazem um corpo ser de Deus.

E é a este olhar que me volto, como sou, e deixar-me ser amado... e perdoado.

4 comentários:

Jobim disse...

Rezar-me a mim próprio. eis o que gosto muito de fazer.


abraço

Bolinha de Sabão disse...

:) e sabe tão bem...

António disse...

Senhor ensina-nos a orar...
Discernir e a partilhar contigo tudo o que nos ofereceste na gratuidade do Teu maravilhoso Amor...Como estamos a executar esse projecto de Amor em nós e nos outros?
(...) as raposas têm as suas tocas, as aves os seus ninhos e o Filho do Homem não tem onde descansar a cabeça...

António disse...

"Essa é a minha realidade, a que contemplo quando me contemplo. E é uma história de amor, olhada como algo precioso, perdoado, querido, sonhado para coisas que fazem um corpo ser de Deus."
Que Síntese maravilhosa de oração...Somos tantos, tantos e mais outos tantos num SÓ - Deus.

 

Cidade Eterna © 2010

Blogger Templates by Splashy Templates