05 setembro 2006

Alma Irmã

Hoje, 5 de Setembro, faço exactamente um ano que comecei o estudo da Teologia fora de Portugal. Dessa vez, saí Rumo a Madrid e, depois, Bilbao. Passado um ano, aqui estou em Roma.
Muita gente me tem perguntado se não é difícil para mim estar assim longe da família e dos amigos. Não vou fazer discursos muito bonitos... não é fácil às vezes....

Por isso, queria partilhar uma coisa muito especial. Tenho muitas amizades muito especiais, que agora não as tenho ao meu lado. Porque a vida, a determinada altura segue mesmo caminhos diversos. E por alguns dias, meses ou anos, temos a graça de passar pela vida de pessoas e deixar que a vida delas passem pela nossa.

Foi o que aconteceu. Não foi muito fácil ir percebendo, pouco a pouco, que tanto do que tínhamos partilhado e construído em união e amizade, de um dia para o outro, teria de mudar. E mudou, no dia 5 de Setembro de 2005.

E hoje recordo com saudades tantas conversas e partilhas, tantos momentos de encontro verdadeiro, marcado pela presença de um Amor maior, que nos fazia iguais, porque vinha de Jesus. Ficámos a chamar-nos Alma Irmã.... E passámos tanto tempo sem nos falarmos, sem sabermos nada um do outro... só fica a felicidade de saber que sempre há um abraço escondido da alma, e esse dá-se a cada momento.

Verdadeiramente, o amor de Jesus ultrapassa tudo! É capaz de libertar e ao mesmo tempo une de uma forma que, de facto, não nos pertence. =)

PS: Lembro-me tanto de um pôr do sol, com a minha alma irmã a cantar: "e dá-te ao vento como um veleiro, solto no mais alto mar...". Aí, senti-me partir....

2 comentários:

Daniela Costa disse...

Olá Valério,
tenho visitado o teu blog e tenho gostado de acompanhar um pouco do teu percurso e do que tu és!
Como dizes neste texto, vamos mudando as nossas moradas terrestres, mas sabemos que há um lugar onde nos podemos encontrar: e esse fica bem dentro de nós!
um abraço, invocando os tempos de Braga,
Daniela

Anónimo disse...

=.) sabes bem como gostei do escreveste...sabes bem como me aqueces o coração..como as lembranças de tudo o que nos foi permitido viver juntos me fazem dar passos de gigante. ironicamente estou a ouvir "lume"...por coincidência...coisas que não se explicam.
ha um ano foi realmente duro despedir-me.mas um ano depois tenho tt certeza que jesus nos fez amigos pa sempre que não tenho medo. acho que ter medo é que faz a separação dificil...ter medo de quando nos voltarmos a ver já não ser igual... mas connosco é sempre =))) e isso deixa-me tão segura. porque somos iguais, porque esta amizade vem de jesus.
e quando as saudades são insuportáveis tenho sempre as musicas, as recordações de tudo o que me ensinaste, do que conversamos, dos abraços eternos. e sou feliz! porque esse abraço escondido na alma, dá-se mm a cada momento.
somos almas irmãs..e o amor de jesus ultrapassa mm tudo e faz-nos muito livres...verdadeiramento uns dos outros, mas muito mais de jesus.
obrigada querido tó.

 

Cidade Eterna © 2010

Blogger Templates by Splashy Templates