04 março 2009

161 - 5


Resolvi aceitar mais um desafio e mesmo engraçado...! A menina bem comportada passou-me o seguinte desafio:

1 - Agarrar o livro mais próximo
2 - Abrir na pág. 161
3 - Procurar a quinta frase completa
4 - Colocar a frase no blog
5 - Indicar 5 pessoas para continuar a tarefa

Peguei no livro que tenho na mesinha de cabeceira, página 161, quinta frase completa:


"He was gifted the naive vision of the lovelorn and experiencied a simplified view whereby the only significant measure in the world was the straight line between lover and loved."


O livro é um romance de Niall Williams, "The fall of light".

Ainda não tinha chegado a esta página, mas fiquei impressionado. Que a única medida sifgnificativa do mundo é a linha entre o amante e o amado. Como, de facto, o Amor é a nossa medida, e funcionamos em referência a quem amamos e a como somos amados...gostei mesmo de ler isto!


E passo o desafio à Nônô, ao Nelson, à Kita, à Marta e à Ana.


Até ja! =)



8 comentários:

MARta disse...

ui...a Marta sou eu!!

ok! agarro o desafio!

até já! ;)

Mlee disse...

:) É um desafio giríssimo e proporciona momentos como este ... uma optima surpresa a meio de um dia cinzento (aqui pelo menos) com a leitura inesperada de uma frase cheia. De facto, o amor é a medida fundamental das nossas vidas que confere a perspectiva correcta a tudo o mais.
E daqui a uns anos é ver uma data de livros em Bibliotecas com a página 161 dobrada no canto :)

Beijinhos

Cortes disse...

Vejo que aderiram bem ao desafio ;)

Antonio Valerio, sj disse...

Sim! Foi mesmo uma surpresa, agora vou passar a fazer isso quando me lembre ;) Obrigado!

Ah pois és, Marta! =) Fico à espera para ver a tua inspiração! ate ja!

Carl@ Mesquita disse...

Um desafio muito curioso e interessante, certamente, marcante, não só pela página ou tarefa atribuída - capaz de nos surprender nas descobertas e reflexões - como na folha da amizade. Grande beijinho e bom trabalho;)

Cortes disse...

É um desafio pequenino e que não custa nada fazer, mas que pode ser muito bom em termos de reflexão pessoal e de descobertas, como disse a Carla.
Gostei muito.

*Vanessa* disse...

Obrigado eu pela visita. Hoje já vou usar um texto teu numa reunião de sebs sobre o amor. =) E sim, as etiquetas dão mesmo muito jeito! =P é verdade, conhecemo-nos no Porto. =) Ambos ouvimos falar muito um do outro que parece que de certo modo já nos conhecemos, não é?
Sim, os sonhos maiores..de nada valem se não tiverem bases sólidas em sonhos pequenos.
Beijinho

Nélson Ramires Faria disse...

Fui apanhado desprevenido :)

Mas aceitei de bom grado o desafio e já respondi.

É de facto interessante ver o que conseguimos pensar e ver numa só frase. Estamos habituados a avaliar um livro pelo todo e ignoramos muitas vezes os pequenos momentos em que crescemos no livro. Este desafio estimula a nossa atenção às pequenas coisas e a valorizar tudo o que se atravessa no nosso caminho.

Parar e ver a importância das mais pequenas coisas, não tomar a parte pelo todo, mas ter em atenção a parte e o que ela significa.

Abraços e obrigado António.

 

Cidade Eterna © 2010

Blogger Templates by Splashy Templates