14 dezembro 2008

A espera e a alegria




Uma dificuldade que sempre tenho é perceber e ocupar os tempos de espera. Se virmos bem, acabamos por passar algumas horas da nossa semana à espera: do autocarro, da consulta do médico, do início do jogo de futebol. E são horas em que acabo por não fazer nada, porque quase nunca vou prevenido, com um livro, ou um pensamento interessante. De facto, nestes tempos acabo por pensar coisas pouco interessantes, ou fazer cuscovilhice do que passa à minha volta.

Em tudo isto, por vezes o tempo de espera é motivo para saborear o que acontece à volta, quando estou atento a isso. E esses são momentos mesmo especiais, por exemplo, quando vejo trocas de sorrisos, simpatia ou boa disposição, além das mil e uma coisas caricatas que acontecem no nosso mundo.

Por isso, a espera tem sempre uma surpresa escondida, e uma fonte de alegria. Não é apenas por estar a preparar o coração para o que vai acontecer, mas é já anticipar um encontro com a vida concreta, que não muda nada, mas torna a vida muito mais presente a mim mesmo. E, por isso, mais amável.

3 comentários:

CADUCN disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Cadu disse...

O Blog Dominus Vobiscum criou um prêmio para os blogs que foram ao longo de 2008 propagadores da Doutrina Católica. Fico feliz em dizer que dentro dos critérios estabelecidos, o seu blog foi escolhido e condecorado com esse selo. Se for possível, gostaria que você passasse no nosso blog e colasse o selo aqui. O endereço é:

http://blog.cancaonova.com/dominusvobiscum/2008/12/15/blogs-recebem-o-selo-dominus-vobiscum/

Desde já, muito obrigado pelo seu empenho para evangelizar!

Dominus Vobiscum

Di disse...

Acontece-me o mesmo muitas vezes! De ter muitos momentos de esperar e de não os aproveitar. Ultimamente tenho-os aproveitado para coisas muito uteis...desde rezar, a pensa na vida...ou a ver a vida dos outros, que às vezes sabe tão bem.
Espero que tejas bem.

Beijinho***

 

Cidade Eterna © 2010

Blogger Templates by Splashy Templates