06 dezembro 2009

Felicidade




Quando poderemos afirmar a nossa felicidade? Parece que sempre a associamos a momentos fugidios e pontuais, em que tivémos a sorte que todas as circunstâncias se combinassem em momentos perfeitos e completos. Mas se passa, quer dizer que seria um completo aparente, um relâmpago de paraíso sonhado e perdido. Ou então não tivémos a capacidade de ir além do momento e perceber a sua eternidade.

A felicidade é uma conquista livre e quotidiana. É uma persistência num olhar que se mantém igual em diferentes paisagens.

A felicidade completa é um futuro e um presente. Sempre a buscamos e encontramos quando descemos em nós e percebemos experiências que nos definem desde sempre. A grande experiência da vida é a sua capacidade de surpreender e desafiar os nossos fundamentos. Põem em questão o material de que somos feitos, entre incapacidades e realizações que nos deixam perplexos do quanto somos capazes quando existimos em confiança e serenidade. Aí nada nos poderá tirar a paz.


6 comentários:

Nova Civilização disse...

"...somos capazes quando existimos em confiança e serenidade. Aí nada nos poderá tirar a paz.

A capacidade de acreditarmos sempre!

abraços,

gisele

concha disse...

Olá António!
Parece-me que ser confiante e sereno é uma construção diária.Depois também ter uma atitude de me superar diáriamente.Quando consigo aliar tudo isso e aceito o que a vida me vai trazendo, sempre dando-lhe um sentido, consigo ser feliz.
Um abraço com gratidão por estar aí assim

Rosa disse...

"A felicidade completa é um futuro e um presente".
Seria perfeito se tivéssemos a capacidade de constantemente ter presente esta frase.
Tudo se tornaria menos "negro"
Deixaríamos de sofrer por antecipação e o medo deixaria de fazer parte do nosso quotidiano e daria lugar à confiança e serenidade.

P.António, abraços de amizade

Lídia disse...

Sou Feliz quando me "esvazio" de mim mesma e me "encho" de DEUS! Só assim, encontro a FELICIDADE...

A FELICIDADE é a regra, o caminho, a orientação à SANTIDADE, não é?!, parece-me?!...

A FELICIDADE encontrada no vazio... aparente vazio absoluto, eleva-nos ao mistério e à grandeza da Natureza...

A FELICIDADE está alienada de mim mesma, toma um caracter mágico de uma presença escondida... revelada no segredo...

FELICIDADE, serenidade, confiança, paz, assegura-nos, dá-nos a Vida, em todo esplendor, em concreto...

Felicidades... Beijinho

Carl@ Mesquita disse...

Sentir-me completa é sentir-me bem. Sentir que a felicidade surpreende-nos... e nos torna capazes que a construir na simplicidade e na grandeza interior e autêntica em cada um de nós.

Obrigada Amigo*

Xi-felicidades=)

Carl@ Mesquita disse...

Sim, tudo correu bem... e vi, senti que algo de especial conquistou, algo de único ficou.

Na Fé, no Amor...

Um Abraço de Felicidade*

 

Cidade Eterna © 2010

Blogger Templates by Splashy Templates