08 dezembro 2009

A amizade





Sugestão de Di

A amizade é dos dons mais preciosos que podemos ter na Vida. Se todos, mais ou menos, temos um medo existencial muito profundo da solidão, são os amigos que vêm preencher esse espaço. Contudo, os amigos, sabemos bem, não servem só para satisfazer os nossos desejos de termos alguém com quem desabafar e partilhar as coisas mais importantes.

O elemento mais importante da amizade é a gratuidade. Não escolhemos os nossos amigos, as amizades profundas simplesmente acontecem, ficamos ligados a elas, fazem parte de nós. Começamos com pequenos episódios comuns, que fazem nascer sintonias de fundo e algumas certezas de que determinada pessoa é um espaço onde eu me manifesto de forma autêntica.

A amizade não dá lugar a medos e calculismos. É o espaço onde cada um existe como é, com qualidades e defeitos. A determinado momento, os próprios defeitos entram na relação e podem provocar conflitos. É o momento em que aparecemos na nossa verdade e na nossa fragilidade. E é nesse momento que a amizade se purifica. Não há verdadeiros amigos se pelo menos uma vez não se tiverem zangado. Então, aí se faz a experiência que eu te aceito, que quero o teu bem e que não vou desistir de ti. Só o ser amado pode transformar e mudar atitudes menos correctas. E este acolher-transformar acontece de parte a parte, cada um cresce no melhor que tem e integra os próprios defeitos, porque existe por trás uma verdade baseada no amor. É uma experiência muito profunda.

Tenho a sorte de ter amizades assim. E que não são muitas, porque as amizades que verdadeiramente transformam não podem ser muitas. Mas cresci e fiz crescer em aceitação, beleza e transformação da própria bondade num desejo de ser autêntico e feliz. É algo que tenho a certeza que nunca se perde, mesmo estando longe e falando de vez em quando... como se cada encontro tivesse acontecido ontem, é uma vitalidade fresca e feliz.

Há também amizades que chamamos assim, mas que, no fim de contas, não chegam à profundidade do que é a amizade. Ser amigo é algo sério, não é uma necessidade de companhia, é estar disponível sempre e com liberdade. Quando uma relação não nos deixa ser verdadeiros, quando deixamos de ser autênticos, então é um caminho incompleto ou mal começado. Possuímos ou somos possuídos, fazemos papéis que não nos servem e não falam de nós. Há sempre um modo de poder fazer destas relações uma amizade profunda, mas nestas coisas do coração, ou acontece ou não acontece. Nesse caso, a estima e o respeito são uma boa atitude. Mas nunca a mágoa e sempre o perdão. A Vida é complexa =)


6 comentários:

concha disse...

Olá António!
Gostei de ler tudo, mas há frases que me tocaram especialmente.
"...determinada pessoa é um espaço onde eu me manifesto de forma autêntica".Graças a Deus que tenho duas ou três amizades assim.
"Nesse caso a estima e o respeito são uma boa atitude".Também tenho amizades assim e talvez também graças a Deus, porque me permitem ir aferindo tanta coisa!Há nestas sempre um equilibrio instável.
A Amizade é mesmo o melhor do Mundo.
Um abraço com muita gratidão

Nova Civilização disse...

Antônio,

gostei muito do seu texto. Você me fez lembrar de amigas que encontrei em várias fases da minha vida e olhando para trás percebo que as melhores amizades foram aquelas em que por motivos de dificuldades e algrias Cristo sempre esteve muito presente nas nossas amizade!

obrigada pelo texto,

abraços

Gisele

Maria José disse...

António. As mensagens positivas, as belas poesias, os textos de elevação espiritual, enviados ou recebidos, fazem bem a todos, pois irradiam luz, calor e muita vida! Aqui encontramos este tipo de ressonância. Bom final de semana. Beijos.

António Valério,sj disse...

Bom dia e obrigado pelos comentários. Uma visão positiva da vida ajuda a não ficar fechado nos problemas, mas a ver mais longe e poder ter força para os superar ou aceitar. Nisso a amizade também é um dom enorme. Bom fim de semana!

Carl@ Mesquita disse...

A amizade é assim... simplesmente um dom.

Grande beijinho e saudades, mts, desse abraço tão único=)

Lídia disse...

Amizade... É o AMOR no seu estado mais puro, mais autêntico, com graça... A Amizade é um caminho de perfeição, passando da perspectiva humana à acção divina... Na Amizade há encontro profundo, nasce uma cadeia de amor entre o "saír do eu", aceitar o outro e por fim, comungar em unidade, cria-se um tríplice-unidade, com ELE.

"Felizes os que vivem na AMIZADE", Pois são mensageiros da BOA-NOVA!

Na Amizade não há espaço para o mal, apenas existe AMOR e BEM-QUERER. Por isso, agradeço a DEUS o dom e a graça de me dar a conhecer a verdadeira Amizade. Não são precisas muitas, bastam algumas, assim sejam transformadoras!

Beijinho em Amizade no Absoluto AMIGO!

Lídia Ramalho

 

Cidade Eterna © 2010

Blogger Templates by Splashy Templates