07 abril 2008

Mar



No mar não se fazem muros, nem estradas. Não posso marcar um território só meu e um reino de animais marinhos e algas que me pertençam. No mar só consigo viver na superfície, e ir lá ao fundo é uma aventura que me supera.

O mar tem tanto de assustador como de tranquilizante... é horizonte e é fim. Serve para o atravessar, entre riscos e descobertas. Ir ao fundo do mar é encontrar paisagens que não vejo habitualmente. Fico rodeado de água, na qual não me movo habitualmente.

O mar é livre e quando me recebe, fá-lo totalmente. Não me impede de passar através dele, nem de entrar nele quando quiser. Mas nunca o trago completamente comigo... apenas o ficar molhado e a emoção de ter estado dentro de algo gigante e precioso.

E é este mar eterno que trago comigo, águas criadas pelo espírito de Deus que me levam a entrar em mim, na liberdade, no risco, no encanto, e na Beleza.

4 comentários:

MARta disse...

Que bonito António! E que certeiro!
gosto tanto do Mar mas acho que nunca ia conseguir expressar tão bem esta analogia com Aquele que realmente nos fascina!

Anónimo disse...

Mar

De todos os cantos do mundo
Amo com um amor mais forte e mais profundo
Aquela praia extasiada e nua,
Onde me uni ao mar, ao vento e à lua. II

Cheiro a terra as árvores e o vento
Que a Primavera enche de perfumes
Mas neles só quero e procuro
A selvagem exalação das ondas
Subindo para os astros com um grito puro.
de Sophia

A reflexão de hoje transpora essa dimensão da grandeza de Deus Criador, reconhecida a Sua presença e afirmando-se essa profunda integração no Belo, na Liberdade.
As palavras podem ser( ?) as conchas puras reveladoras do sussurro meigo de Deus...
Abel

Anónimo disse...

Que a procura dessas águas e desse mar, seja de uma necessidade constante.
Acreditamos que só elas nos dão toda a felicidade que ansiamos.

R.I.

Cristóvão Andrade sj disse...

Caro Válius,
Pela primeira vez post no teu blog. Grande post... tu sabes como sou fascinado pelo mar e as horas que lá passo dentro. Abraço

Cris sj

 

Cidade Eterna © 2010

Blogger Templates by Splashy Templates