14 novembro 2008

Tudo o que sou




Tudo o que sou é segredo e inexplicação. Conheço o que não sou, desejo ser mais. Um gesto que me arranque desde dentro, me faça deslumbrante aos meus próprios olhos. Falar de conquistas são poucos passos possíveis, são janelas que abrem paisagens. A vida poderia ficar fechada numa redoma, intocável, sagrada. A quem prestaria adoração do desejo, mas não poria nela verdade de lama e pó.


Um caminhante é por definição alguém que se suja, alguém a meio termo, desprovido de tecto e altar. A ilusão de ter feito um mundo à minha medida cai como a chuva e mistura-se no mar das incertezas. É uma questão de olhar para além do positivo, de me encher de graça e eternidade.


A Vida é o maior dom que temos entre mãos, demasiado poderoso para ser intocado, espalhado em espelhos que fragmentam a minha imagem, quando uma só verdade existe, a mesma de sempre, o fogo que arde em casa quando chego de viagem, acabado de me perder, consolado por me encontrar.

6 comentários:

Carla Mesquita disse...

No caminhar...
As tuas mãos... contam

O que escreves é grandioso.
O que pensas é Linguagem... a casa da verdade do (teu) ser... e a sua (tua) essência não se esgota.(pois claro! Heidegger).

e nesta habitação do ser... mora inexplicavelmente tudo que És.

Grande abraçoooOOO

Anónimo disse...

PARABÉNS!!!

UM EXECELENTE DIA DE ANIVERSÁRIO!

Marta e Rafael

Carla Mesquita disse...

Ainda a tempo... de sempre e sempre desejar-te tudo de BOM com toda a FELICIDADE...

Um FELIZ ANIVERSÁRIO VALÉRIUS!

Muitos ParabéééééééééénnnnSSSSSS lindo!!

Xi-Beijinho da kita:D e um Abraço do Helder:D

Miuda disse...

Há um ano iniciei um novo ciclo na minha vida em tantos sentidos, tantas mudanças.
Há um ano atrás vi-te, falei-te pela primeira vez. Acreditas que aqueles dias me marcaram profundamente? Tantas vezes desejo poder revivê-los...recordo as nossas conversas...envergonho-me da minha cobardia...às voltas com as minhas correntes... Tenho saudades.

Parabéns!

E... aceitas um obrigada?

abraço

Antonio Valerio, sj disse...

obrigado! =) é mesmo bom sentir esta companhia, fazemos caminhos de formas mesmo bonitas... fico a rezar e agradecer! A Vida é de facto gigantesca...

TCHI de Tchivinguiro disse...

Felicidades.

Muitas.

Para ti, António.

Parabéns por mais este ano de vida abençoado.

Que Ele continue a "mimar" a tua vida.

Beijinho.

 

Cidade Eterna © 2010

Blogger Templates by Splashy Templates