28 novembro 2008

Dias de chuva



Hoje está um daqueles dias de chuva, chá e cobertor... há sempre uma interioridade própria do tempo que vivemos. A chuva pode ser desconforto se estamos fora de casa, mas não há nada melhor que saborerar o bom que é estar dentro, e fazer do meu tempo uma qualidade oferecida a coisas que não distraem tanto.

Sem chuva não haveria fecundação da terra, faz trabalhar no íntimo, é uma oferta que comunica uma vida escondida. Nós precisamos da chuva como do ar que respiramos. De deixar que ela se faça silêncio e contemplação, adesão total àquilo que sou e sonho de modo completo.

Imagino que estes dias sejam os melhores para escrever e fazer poesia, é muito saudável ocuparmos o espírito com as nossas criatividades, termos tempo para expandir o melhor de nós e ficar acesos numa luz agradecida.

2 comentários:

Yue Liang disse...

Desculpa a invasão... descobri este blog por acaso... e logo este post bom, quentinho... não resisti a comentar... efectivamente está a chover e estou no escritório mas a beber 1 chá quente com a chuva lá fora... é bom... e inspira... vou ler mais :) (o confortável do quentinho cá dentro, faz-nos ter cada menos vontade d trabalhar.. ainda por cima à 6ª!)

Até outro dia!

Antonio Valerio, sj disse...

Olá! Bem vinda =) sim, estes dias assim são muito bonitos, e ajudam a pensar em coisas importantes, ao menos para mim! Bom fim de semana! Também espreitei o teu blog e gostei muito!

 

Cidade Eterna © 2010

Blogger Templates by Splashy Templates