19 janeiro 2008

União



Hoje vivi uma das experiências mais profundas de união de espíritos e de corações, em que é palpável esta possibilidade de perceber o quanto Deus age.

Às 8.00h da manhã, participei no coro que animou a Missa que antecedeu a Eleição do novo Geral dos Jesuítas. Uma imagem que me ficou...

A do silêncio e das faces dos mais de duzentos padres que ali estavam... como se estivessem em diálogo contínuo com Deus, em concentração de espírito e na contemplação do transcendente. De querer acertar com o melhor para a vida da Companhia de Jesus. Como se estivessem todos juntos num mundo ao qual eu assistia de fora, apesar de partilhar o mesmo espaço...

E percebi, sentindo e ouvindo este silêncio, que tudo estava nas mãos de Deus... e é uma consolação e uma segurança enorme. Tive a certeza que Ele estava presente e real, único nos desejos humanos e em tantos horizontes de diferentes raças e culturas!


PS: E ainda nessa manhã, foi eleito o P. Adolfo Nicolás como o Superior Geral dos Jesuítas. Rezamos por ele!

2 comentários:

Anónimo disse...

É bom sentirmos que nos podemos entregar totalmente nas mãos de Deus.
Rezo para que o novo eleito desempenhe com sucesso a missão que lhe foi confiada.

Rosa Irene

Tchivinguiro: onde nasci. disse...

Como os caminhos de Deus... feitos a escutar o silêncio...

Parabéns à Companhia de Jesus por mais este passo e que continue a sua MISSÃO como ELE ilumina.

Beijinho.

 

Cidade Eterna © 2010

Blogger Templates by Splashy Templates