02 abril 2007

As cenas de um filme


Experimentei há tempos uma coisa engraçada, mas que até prefiro não fazer. =)

Caminhar na rua a ouvir música com headphones. É pena perder os ruídos do que nos envolve. De facto, entrei noutra dimensão. Ver passar diante de mim pessoas a gesticular e a falar, crianças a correr, o sol a iluminar os vidros das casas. E o ar de filme que apenas uma cidade como Roma pode dar.

Senti-me a assistir na minha passagem pelas ruas da cidade. Como se não estivesse lá. Foi estar entre a fantasia e a explosão dos sentidos. Nunca senti tanto a cidade... eliminar a audição com uma música de sonho, faz com que os olhos, as mãos, os cheiros ganhem uma força maior.

Pode ser que os momentos de fantasia nos façam apreciar a Vida de uma forma mais intensa. Como entre o ser-se sonho e o ser-se real, entre o que somos e o que queremos ser. Tudo vivido na mesma luz.

2 comentários:

ceci disse...

Obrigada Val!

=) Voltei do Br, voltei a rever a família, foi mtttoo bom. Vivi de facto entre o sonho e a realidade do dia-a-dia, mas ali não tinha ponta de fantasia, era tudo bem real. ;-) beijinhos!
Espero que tenhas tido uma boa Páscoa.

J disse...

Antonio,

Nem acredito que nunca tinhas experimentado.
Adorei a maneira como descreves te a experiência de isolamento do som do meio exterior, fez me lembrar o que sinto quando estou a ouvir musica no metro, olho para as pessoas que andam na rua, e pesso o que estarão a dizer? de que falaram? é como se o mundo mudasse.

Um grande beijinho em Cristo

 

Cidade Eterna © 2010

Blogger Templates by Splashy Templates