21 maio 2010

Motivação


Nem sempre encontramos a motivação certa para nos dedicarmos de alma e coração àquilo que é mais importante em dado momento da vida. No fundo, ficamos com uma sensação de ficar aquém do esperado, por não vermos resultados imediatos, ou porque as coisas têm sempre algum imprevisto.

A motivação nasce de uma certeza que queremos fazer determinado caminho. As metas do nosso esforço, por mais longínquas que sejam, exigem-nos perseverança. É fácil motivarmo-nos a curto prazo, mas quando é algo mais distante, damo-nos conta que o entusiasmo tem altos e baixos.

O mais importante é podermos ter, em relação a nós mesmos, uma espécie de confiança e fé. Acreditar que algo se constrói diariamente quando cumprimos a pequena parte do esforço de cada dia. Não vivemos apenas de grandes realizações, aliás, estas são bastante raras... a qualidade joga-se em coisas bastante mais pequenas.


10 comentários:

nokas disse...

Ai como me revejo neste texto estes últimos dias...
Beijinho e bom fim de semana! :)

Di disse...

É o tema da minha tese :) e é incrivél em como tocas em pontos tão essenciais do que tenho estudado :) agradecida.

beijinhos*** :D

SP: olhar sobre o horizonte disse...

De facto a motivação a longo prazo tem altos e baixos... Como é difícil às vezes seguir o caminho a que nos propomos! Resta saber que "amanhã é um novo dia" ... bjs

Susana Matos disse...

Uma óptima reflexão para ajudar a gerir a ansiedade!... Obrigada:)

Isabel Mota disse...

Olá António
Como fazem sentido as tuas palavras quando nos aproximamos de conseguir que os nossos dias, sejam feitos de pequenas metas que quase invisíveis têm, quase sempre grandes efeitos no dia de alguém. Cada dia é uma porta cheia de oportunidades para viver o que tem sentido, o que faz de nós pessoas livres para escolher. Beijinhos e bom fim de semana.
Isabel Mota, Milharado

Rosa disse...

Olá P.António
Também acredito que a motivação vem mesmo de dentro de nós "vontade de tentar e a fé para acreditar"
Por mais altos que sejam os degraus, por mais tempo que demore subir, chegaremos...
O importante é que em cada "degrau" saborear a "subida" e o progresso feito.

Bom fim de semana

Bom Domingo.
Abraços

Maria José disse...

Olá amigo. Há quanto tempo não te vejo. Estou com saudade. A motivação exige confiança e fé, como você disse. Se o caminho a ser percorrido é por demais longo, para não desistirmos, o melhor é fazermos um dia de cada vez. Beijos e tenha uma semana feliz.

Yue Liang disse...

Obrigada + 1 vez pela reflexao, q parece spr ir de encontro àquele momento especifico em q a leio... em relação a motivação... às vezes questiono-me sobre o que significa a falta de motivação. Como distinguir entre 1 falta de entusiasmo causada pelo longo caminho e a falta de motivação porque estamos mesmo no caminho errado?

António Valério,sj disse...

Olá Yue Liang! É uma pergunta muito importante. A meu ver, posso dizer que a falta de motivação também tem a ver com os frutos das nossas acções.
Quando é um caminho longo, vamos percebendo que acontecem coisas que têm algo a ver com aquilo que desejamos, pequenos passos que nos trazem paz e sentimento de realização.
Outros frutos não concordam com o que realmente queremos, são coisas que não nos acrescentam muito e não nos fazem crescer.
É difícil discernir a qualidade dos nossos frutos, mas é importante situá-los num horizonte maior e ir percebendo que história de bem está a ser construída. Não sei se era isto..

Um abraço!

Yue Liang disse...

obrigada!

 

Cidade Eterna © 2010

Blogger Templates by Splashy Templates