19 outubro 2010

Saber estar


Muitas vezes acabamos por nos perguntar, no fim de termos estado com alguém, ou termos lidado com alguma situação mais complicada, se estivemos à altura, se a nossa presença e a nossa acção teve resultados positivos. Também corremos claramente o risco de fazer tudo para que ficássemos por cima, que as coisas se tivessem resolvido a nosso favor, que tivéssemos ganho a batalha.

É muito importante aprendermos com as nossas atitudes e criar disposições para os momentos em que somos postos à prova nas paciências e na superação de conflitos.

Muitas vezes, uma aparente derrota numa luta de argumentos significa criar espaço para a possibilidade de reconciliação e entendimento. Ou uma aparente derrota significa, no fundo, uma vitória do bom senso e do desejo de bem.

O bem das nossas acções e o bom fruto delas nasce de um discernimento capaz de avaliar as boas consequências do nosso modo de estar. Estar na vida e diante dos outros de um modo pre-disposto à amizade muda muito as coisas.

5 comentários:

nokas disse...

Obrigado Valério! Vem mesmo a calhar. :)

Beijinhos com saudades**

concha disse...

Têm sido dias de grande preocupação para que não sejam cometidos erros irreparáveis numa relação.
Obrigada pela ajuda a discernir melhor a atitude a tomar.

Lídia disse...

Obrigado pelo post, vem directamente ao meu encontro...

De facto, é muito reconfortante encontrar apoio e entendimento onde não somos conhecidos, mas como tudo é incrível e Deus está presente, há sempre alguém, algures, a rezar por nós...mesmo que seja de modo global...

Tudo de bom

Beijinho
Lídia

Aborto Não PT Não disse...

"Se algum padre ou algum bispo pretende ser prudente e guardar o silêncio, eu não guardarei, porque não quero entrar para história como os bispos que covardemente não levantaram a voz quando Hitler começou a governar a Alemanha em 1933." (Pe. Paulo Ricardo, sobre o PNDH-3)

"Porque se a gente se calar, as pedras vão falar. E vai ser ... uma vergonha muito grande se as pedras falarem porque os cristãos não se pronunciam." (Padre José Augusto, sobre o PT na Canção Nova)

"Não podemos nos calar!" (Dom Aldo Pagotto, sobre a Cultura de Morte no governo)

Muitos padres e pastores ergueram corajosamente sua voz para denunciar a Cultura de Morte do governo. Vamos também nós fazer o que estiver ao nosso alcance!

O site * www ponto ABORTOnaoPTnao ponto com * é uma FERRAMENTA que nos ajuda a deixar descoberta a Verdade sobre como o atual governo está tentando implantar a Cultura de Morte no Brasil. O site tem um histórico de notícias, é simples de acessar e fácil de divulgar!

Ajude a divulgar escrevendo uma postagem no seu blog e enviando e-mails para seus amigos! Mostrar a Verdade sobre o que o atual governo está fazendo em relação ao aborto é um ato de Amor com os brasileiros e patriotismo.

Alguns "fatos", não "boatos", a serem conferidos no site:

* UM DIA DEPOIS do primeiro turno, Ministério da Saúde continua projeto: "Estudo e Pesquisa - DESPENALIZAR o Aborto no Brasil"
* Como pré-candidata, Dilma ALTERA radicalmente discurso sobre aborto e fé
* Dilma diz que é um absurdo que não haja a DESCRIMINALIZAÇÃO do aborto no Brasil
* Dilma defende "atendimento PÚBLICO para quem estiver em condições de fazer o aborto ou querendo fazer o aborto"
* Igreja chama Lula de "novo Herodes" devido a DECRETO pela legalização do aborto
* Ministério da Saúde financia filme pró-aborto
* PT PUNE deputados por serem contra o aborto

"Aquele que conhece a Verdade e não a proclama é um covarde miserável e não um cristão." - São Pio V

CEDAK.PT Centro Estudos Doutrinários - Allan Kardec, de Portugal disse...

Olá

Gostei muito das suas palavras e do site, em geral.

A lei da reencarnação é a única teoria que conheço que consegue explicar a Infinita Bondade e Justiça do Criador.

Ela também nos permite entender melhor as palavras de Jesus.

Jesus não é Deus, é, como ele próprio se disse, é filho de Deus, como nós. Mas não é um filho qualquer, é simplesmente um irmão mais velho, que atingiu um estado de pureza acima de qualquer ser que já pisou a Terra.

Quem consegue aceitar racionalmente a ideia que o Criador do universo possa ter nascido como um ser humano, na Terra?

Quem consegue aceitar racionalmente a ressurreição de um corpo que foi, por exemplo, cremado, se vá levantar de novo, contrariando as leis da natureza, que são também leis de Deus?

Nasci no seio da igreja católica, procurei muito no interior da mesma, mas foi Allan Kardec, por via da sua obra escrita, que respondeu ao coração e à razão. Presentemente não pertenço a nenhuma organização religiosa, mas a minha fé nunca mais vacilou como vacilava.

Contudo torço para que todos os homens, sejam eles de que crença espiritual forem, leiam, sem preconceitos nem superstições, compreendam e interiorizem as palavras do meu Mestre e Modelo: Jesus. Nesse dia a Terra será um planeta muito diferente do que é hoje.

Bem haja

 

Cidade Eterna © 2010

Blogger Templates by Splashy Templates