06 abril 2010

Grandeza



O que significa ser grande ou fazer coisas grandes? Vivemos à procura dos momentos em que a nossa vida ganha um rumo novo, em que temos a impressão que deixámos uma marca significativa no mundo e na vida das outras pessoas. Deixar obra feita. É muito importante que existam metas na nossa vida, porque orientam aquilo que fazemos numa direcção que nos preencha e nos faça crescer.

O risco que temos de afrontar é não fazer depender a nossa grandeza daquilo que podemos vir a fazer de significativo e visível. Existe uma grandeza que significa crescimento contínuo sem estar directamente relacionada com os seus frutos. É o caminho de cada dia e o modo como somos grandes em pequenas coisas. A vida sabe a pouco quando não prestamos atenção e não valorizamos tudo o que acontece como oportunidade e surpresa.

Uma pessoa grande tem aquela simplicidade de não ser obsessiva com resultados. Sabe dar valor ao que merece ter valor. E assim a vida ganha outra qualidade. 

5 comentários:

Nova Civilização disse...

Olá Antônio,

obrigada pela partilha,

abraços fraternos

Gisele

Anónimo disse...

Olá Antonio! Vergelt's Gott!

Boa Páscoa! Aleluja!

Lídia disse...

Viver com dignidade e simplesmente viver com vista no outro,talvez seja uma Vida sustentada pela grandeza.

Obrigado.
Beijinhos
Lídia

Isabel Mota disse...

Querido António
Como estás? Espero que Roma brilhe imenso... cheia de sol.
Deixaste-me a pensar na grande surpresa que é cada dia. Sim, também penso que é no simples, na felicidade que tantas vezes encontramos no agora... que está a oportunidade de aproveitarmos a grandeza da Vida... Obrigada amigo, pelo convite a um caminho cheio de pensamentos e de alertas, em particular para aqueles momentos em que caio na tentação de fazer depender a minha alegria de grandes acontecimentos... de datas sempre muito à frente de mim... é bom estar alerta. Não deixar a felicidade e a grandeza da vida dependerem de tudo e de todos... excepto de mim.
Um abraço muito forte e cheio deste sol que ilumina o meu lugar.
Bjs
Isabel Mota

Yue Liang disse...

Boa tarde!

depois de estar um ano fora e sinceramente ter tido muito poucas oportunidades de visitar a "Cidade", mas felizmente ter conhecido alguns jesuitas que na Amazónia fazem 1 trabalho fenomenal, volto a este espaço... e deparo-me com este post que...veio no momento certo. Obrigada! E parabéns pela qualidade do blog e das suas reflexões!

Abraço Fraterno

 

Cidade Eterna © 2010

Blogger Templates by Splashy Templates