28 setembro 2007

Intimidade


Entre nós e Deus existe uma linha transparente vertical. Uma experiência de contacto com simplicidade que não é construída de qualquer maneira, exige tempo, um espaço aberto de não egoísmo, com dores acariciadas e desejos que vão para muito além do adquirido.

Faço um desenho na areia que acaba no mar, onde a criatividade se dissolve num sonho maior que não se sabe como vai acabar. Talvez seja este o segredo de uma entrega pressentida desde sempre.
Um toque concreto, uma voz que não deixa ninguém confundido. Que parece quase impossível que um dia possa ser ouvida por ouvidos habituados aos ruídos e à pressa.

Muito mais que um castelo construído solidamente em aparências que foram levadas por um vento que vem de longe. Vai mais fundo que os fundamentos, transforma de modo inexplicável este Acontecimento, que é estar somente, para o que puder começar agora.

4 comentários:

Antonio Valerio, sj disse...

Regressei ontem a Roma, depois deste mês em Loyola e dos Exercícios Espirituais. Obrigado pelas orações, de me sentir acompanhado em certezas e esperanças.

meninadasestrelas disse...

Bem regressado=)*

DiogoCarneiro disse...

Ja estava com imensas saudades dos teus posts!
Fico feliz pela tua estadia em Loyola ter sido boa...
Grande Abraço
Diogo Carneiro

Di disse...

É mesmo uma alegria vir ao teu blog e ver noticias tuas:)
Fico mesmo feliz por ter corrido tudo bem e por estares a crescer cada vez mais, cada vez próximo de Deus=) è uma felicidade e honra muito grande, ser tua amiga:)

Beijinhos cheio de cores***

 

Cidade Eterna © 2010

Blogger Templates by Splashy Templates