06 julho 2007

Portas


Encontro futuro nos abraços do passado. Se, por um lado, é bom ir olhando para trás e perceber que as coisas mudam e ficam diferentes, por outro, vejo que fui sendo construído até ser o que sou hoje.

Sobretudo ao rever as portas que se abriram em momentos de dúvidas e soube confiar no trabalho das mãos e na bondade de coração. Com a força de Deus, aquela que ilumina as coisas todas da Vida.

O passado fica como um álbum de passagens conseguidas para coisas novas, de ver sementes que deram frutos. E quando esperava que a terra fosse árida, surpreendo-me hoje com florestas cheias de sombra e água fresca.

Por isso, o futuro são outras portas que, daqui a uns anos, olharei a partir da sensação de ter conseguido algo. Custa dar o salto da confiança, quando esta tem de ser posta em gestos. Mas vale tanto a pena.

3 comentários:

Filipe Nascimento disse...

"quando esta tem de ser posta em gestos". Gestos que traduzem confiança, hoje rezo pelas todas formas de comunicação...não verbal! Um abraço

Pati disse...

ooi!!! Ceci deu-me o teu endereço...ja que nao pode ser pessoalmente, encontrei-te na blogosfera. Fica um beijinho. Estou a torcer por ti.. :)

Maria João disse...

Na próxima sexta-feira, dia 20, realiza-se uma oração de TaiZé pelo Darfur , às 19h45m, na Igreja de S. Nicolau, na Baixa de Lisboa.

Participa e divulga! Se não puderes estar presente, reza na mesma.

bjs em Cristo
Maria João
Fé e Missão (Missionários Combonianos)

 

Cidade Eterna © 2010

Blogger Templates by Splashy Templates